Publicidade

Crédito ou débito: qual é a melhor opção de pagamento?

Crédito ou débito: qual é a melhor opção de pagamento?
Publicidade

Crédito ou débito, quem nunca ficou na dúvida na hora de escolher a forma de pagar uma compra, não é? Quando usado da maneira correta, cada cartão pode trazer vantagens e te ajudar a economizar mais dinheiro. Descubra como no nosso post!

Como funciona o cartão de crédito?

Antes de tudo, é importante entender que o cartão de crédito funciona como uma espécie de empréstimo. Ou seja, você compra com o crédito fornecido pelo seu banco e só pagará a quantia no fechamento da fatura, que chega entre 30 e 40 dias depois.

Publicidade

Além disso, você escolhe entre pagar em uma única vez ou parcelar as compras. Se optar pelo parcelamento, pode ter que lidar com juros adicionais no valor da compra. Em outras palavras, o cartão de crédito funciona de uma forma “compre agora, pague depois”.

Como funciona o cartão de débito?

O cartão de débito é utilizado quando se tem dinheiro na conta bancária para pagar por uma compra à vista. Ao fazer uma compra com esse cartão, o dinheiro é automaticamente retirado do saldo disponível da sua conta. Em resumo, essa forma de pagamento funciona mais ou menos como um saque.

Publicidade

Desse modo, o cartão de débito costuma ser bastante útil para aqueles que gostam de ter um maior controle financeiro. Afinal, você só consegue comprar se tiver o dinheiro na conta, seja ela corrente ou poupança.

Crédito ou débito: quando usar cada um?

A escolha entre o cartão de crédito ou débito depende do valor da compra e de quanto você tem na sua conta. Por exemplo, se for algo abaixo de R$ 50 e o pagamento à vista não comprometer o seu orçamento no restante do mês, incluindo o risco de entrar no cheque especial, priorize o cartão de débito. Agora, se for uma compra acima desse valor e o pagamento parcelado se encaixar melhor no seu planejamento financeiro, use o cartão de crédito. Só fique atento ao valor da fatura.

Publicidade

Entretanto, essa é apenas uma recomendação. Antes de fazer sua escolha, pense sempre na sua situação financeira. Com o intuito de te ajudar ainda mais, listamos abaixo as principais situações do dia a dia e sugerimos as formas de pagamento em cada uma. Confira!

Publicidade

Débito para compras cotidianas

O ideal é utilizar o cartão de débito para as compras do dia a dia, como em supermercados e farmácias, por exemplo. Dessa maneira, você consegue ter um maior controle de quanto está gastando, listando esses gastos como essenciais e evitando surpresas no orçamento no final do mês.

Crédito para produtos de maior valor

Na hora de comprar eletrodomésticos, móveis, passagens aéreas e outros itens que custam mais caro, dê preferência ao cartão de crédito para ter a possibilidade de parcelamento. Vale lembrar que, se você optar por essa alternativa, procure por lojas ou serviços que ofereçam o chamado parcelamento sem juros.

Publicidade

Crédito para conseguir recompensas

Se você participa de algum programa de pontuação, pode ser vantajoso concentrar a maior parte dos seus gastos no cartão de crédito, para acumular mais pontos e trocar por recompensas.

Débito para evitar problemas com o endividamento

Caso você já esteja endividado ou tenha o hábito de fazer muitas compras por impulso, a recomendação é utilizar somente o cartão de débito. Isso porque usar um cartão de crédito nesse momento pode piorar ainda mais sua situação financeira, criando a famosa “bola de neve”, de juros e dívidas parceladas. Por outro lado, com o cartão de débito, você só vai usar o dinheiro que realmente tiver.

Por fim, independentemente de como você prefere pagar suas compras, o principal é estar atento às suas finanças. Com planejamento, você pode utilizar as duas formas de pagamento sem nenhum problema!

Publicidade

Deixe um comentário

error: