Publicidade

Disciplina financeira: o que é e como desenvolver a sua?

Disciplina financeira: o que é e como desenvolver a sua?
Publicidade

Se você deseja viver uma vida mais tranquila, alcançar metas e objetivos, evitar dívidas, entre outros problemas envolvendo dinheiro, saiba que é fundamental ter disciplina financeira. Afinal, com essa conduta, é possível economizar, poupar, investir e gerenciar melhor o seu capital.

Porém, o que ocorre na vida de diversos brasileiros é justamente o oposto. Muitos não têm organização financeira e não fazem um controle de gastos adequado. Consequentemente, o número de endividados no país, há anos, é bastante elevado.

Publicidade

Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgados em setembro de 2022, quase 80% das famílias estavam endividadas no Brasil. Isso mostra porque é necessário investir em mudanças e tomar algumas atitudes para reverter esse cenário.

Para ajudar, entenda neste post o que é a disciplina financeira, qual a sua importância e como desenvolvê-la!

Publicidade

O que é disciplina financeira?

A disciplina financeira consiste em um conjunto de práticas, hábitos e comportamentos que ajudam a melhorar a sua relação com o dinheiro. Dessa forma, é possível ter um planejamento financeiro muito mais correto e eficiente.

Na prática, ter disciplina financeira é saber o que fazer com o seu dinheiro, como controlá-lo e organizá-lo para que ele não falte no final do mês. Além disso, a conduta contribui para sempre ter valores disponíveis para você investir, aumentar o seu capital e realizar sonhos.

Publicidade

Qual é a importância da disciplina financeira na sua vida?

Diversas pessoas não têm uma relação saudável com o dinheiro. Assim, elas não conseguem economizar, poupar e investir parte do capital que recebem. Por conta disso, há riscos de passar por problemas financeiros.

Publicidade

Portanto, ter disciplina financeira é essencial para evitar essas situações e viver uma vida melhor, mais segura, tranquila e equilibrada.

Você deseja manter as contas em dia, realizar seus sonhos, ter dinheiro para investir e viajar? Então, para todas essas metas e objetivos, é fundamental ter controle e organização em relação às suas finanças.

Publicidade

Quais são os riscos de não ter bons hábitos financeiros?

Agora que você já sabe o que é disciplina financeira e qual a sua importância, é preciso saber quais são os principais riscos de não ter bons hábitos financeiros.

O primeiro risco envolve o acúmulo de dívidas. Afinal, se você não consegue gerenciar o seu dinheiro adequadamente, fica mais difícil honrar com todos os seus compromissos e responsabilidades. Assim, há uma maior propensão ao endividamento.

Outro risco que a falta de organização financeira pode gerar na sua vida é a não realização de planos. Se você não consegue controlar o seu orçamento, poupar e investir o seu dinheiro, como alcançará aquilo que almeja? Por exemplo, muitas pessoas desejam:

  • comprar uma casa;
  • adquirir um carro;
  • viajar para o exterior;
  • fazer um intercâmbio;
  • viver de renda passiva e ter independência financeira.

Contudo, se o dinheiro não é gerenciado e utilizado com sabedoria, será difícil conquistar essas metas. Isso pode gerar frustrações no dia a dia.

Além desses riscos, há ainda outra situação que vale ser ressaltada: ter a qualidade de vida afetada consideravelmente. Isso ocorre porque, devido à falta de planejamento financeiro, muitas pessoas ficam constantemente preocupadas, estressadas e angustiadas.

Essas questões tendem a desencadear problemas de saúde e dificuldades na rotina. Então é essencial desenvolver a sua disciplina financeira para evitar passar por essas situações.

Como desenvolver a sua disciplina financeira?

Como não ter bons hábitos financeiros pode resultar em diversos riscos, é preciso desenvolver a sua disciplina financeira. Para isso, você deve ter alguns cuidados e hábitos na sua rotina. Veja a seguir quais são eles!

Analise o seu orçamento mensal

O primeiro ponto que você deve dar atenção para desenvolver a sua disciplina financeira refere-se ao seu orçamento mensal. Isso porque você precisa ter uma visão clara a respeito dos seus gastos e despesas mensais.

Para começar, monte uma planilha no computador, utilize um aplicativo de celular ou pegue papel e caneta para anotar todas as suas movimentações financeiras. O objetivo dessa medida é centralizar todas as suas informações financeiras.

A partir dessa análise, você poderá observar:

  • quanto de receita você gera todo mês;
  • quais os seus gastos fixos e variáveis com habitação, educação, transporte, saúde, lazer etc.

Com base nesses dados, você conseguirá visualizar como está seu saldo no final do mês. Se estiver negativo, é essencial rever seus gastos e despesas para mudar esse cenário.

É relevante destacar que o preenchimento das informações deve ser feito todo mês. Esse é um hábito fundamental para acompanhar o seu orçamento e organizar as suas finanças de maneira adequada.

Faça um planejamento financeiro

Após analisar o seu orçamento mensal e ter uma visão geral a respeito das suas receitas e despesas, é hora de fazer o seu planejamento financeiro. A partir dos dados e informações obtidas, avalie o que você pode fazer e melhorar para que a sua situação financeira mude de patamar.

Pense, por exemplo, nas suas metas de curto, médio e longo prazo e faça projeções para o futuro. O que você deseja alcançar? O seu orçamento, hoje, permite a realização desses planos? Quanto é necessário poupar e investir para realizar as suas metas?

Com base nas respostas para essas perguntas, você conseguirá elaborar o seu planejamento financeiro, assim como realizar possíveis ajustes no orçamento. Por exemplo, pode ser necessário fazer reduções em determinados gastos ou buscar uma renda extra.

Mude seus hábitos

Além de analisar o seu orçamento mensal e fazer um planejamento financeiro adequado, existem algumas outras dicas que contribuirão para você desenvolver a sua disciplina financeira e melhorar a sua relação com o dinheiro. São elas:

  • viva de acordo com o seu salário e renda;
  • defina o que é prioridade e o que é supérfluo;
  • quite dívidas (se houver);
  • evite compras por impulso;
  • aprenda a investir;
  • construa sua reserva de emergência.

Por fim, converse com sua família e faça um alinhamento relacionado às finanças, pois não é só você que deve ter disciplina financeira. Para conquistar melhores resultados, o esforço precisa ser conjunto.

Viu como ter disciplina financeira é importante? Agora, não deixe de aplicar as dicas e orientações apresentadas neste artigo para melhorar a sua relação com dinheiro. Desse modo, há chances de conquistar mais tranquilidade em relação ao orçamento e realizar os seus objetivos.

Publicidade

Deixe um comentário

error: