Publicidade

Como Controlar os Juros e Melhorar sua Saúde Financeira com Cartões de Crédito

Como Controlar os Juros e Melhorar sua Saúde Financeira com Cartões de Crédito
Publicidade

O uso de cartões de crédito no Brasil é comum, mas os juros elevados podem se tornar um problema para muitos. Muitas pessoas não conseguem controlar seus gastos, e acabam caindo na armadilha dos juros altos.

Diante desse cenário, muitos consumidores não conseguem pagar suas dívidas dentro do prazo estabelecido. A alternativa é pagar as faturas com juros altos ou optar pelo pagamento mínimo e entrar no ciclo da dívida.

Publicidade

Para evitar dificuldades e escapar dos altos juros do cartão de crédito, você deve usar algumas estratégias para reduzir os juros e livrar-se das dívidas.

Para não se enrolar com dívidas, é importante conhecer detalhadamente os juros dos cartões de crédito. Neste artigo, vamos esclarecer como eles funcionam, as armadilhas a serem evitadas e dicas para lidar com as dívidas. Confira!

Publicidade

8 dicas de como livrar-se dos juros do cartão de crédito

Separamos oito dicas fundamentais para te ajudar a se livrar dos juros do cartão de crédito. Escapar dessas cobranças está diretamente relacionado a boas práticas financeiras.

Continue lendo e descubra como reorganizar seus hábitos de gastos.

Publicidade

1- Pague o valor total da fatura, evite parcelar

Não caia nessa armadilha de parcelar a fatura do mês. Muitas operadoras mandam propostas positivas sobre parcelar a fatura do cartão, mas você pode estar entrando em uma grande cilada.

Publicidade

Por isso, seja qual for a situação, evite ao máximo parcelar a fatura do cartão. Por exemplo, se o valor total da fatura for R$1.000,00 e você pagar apenas R$800,00, o restante vai ser transferido para o próximo mês cobrando uma taxa de juros.

No entanto, caso não consiga pagar o valor total da fatura, primeiro faça uma análise do juros aplicado em cima do parcelamento ou avalie a possibilidade de contratar um empréstimo com a taxa de juros mais baixa.

Publicidade

Dessa forma, você evitará juros altos e conseguirá arcar com as suas dívidas, sem prejudicar muito a sua vida financeira.

→ VEJA O QUE CONSIDERAR AO FAZER O PAGAMENTO DA FATURA DO CARTÃO

2- Planeje seus gastos

Outra dica essencial, é planejar os seus gastos. Não saia gastando no cartão de crédito sem ter um planejamento financeiro.

O cartão de crédito pode criar uma grande ilusão financeira e você acabar perdendo o controle financeiro.

Portanto, sempre antes de realizar compras no cartão de crédito, já verifique o valor da sua fatura e se vai conseguir pagar sem atrapalhar o seu orçamento do mês.

Além disso, é muito importante que você já faça uma análise das suas próximas faturas mensais, para ter mais controle e cuidado na hora de realizar compras impulsivas.

3- Nunca use o seu cartão de crédito como saída de emergência

Não use o cartão como uma solução para falta de dinheiro e esteja ciente de que a fatura virá e pode causar problemas.

Uma boa maneira de manter o controle financeiro é evitar que o limite do seu cartão de crédito ultrapasse 50% da sua renda líquida mensal.

É comum se deixar levar pela tentação de um alto limite no aplicativo do banco e acreditar que será fácil pagar as faturas, mas é importante lembrar que o prejuízo pode ser alto quando a fatura chegar.

4- Tenha apenas um cartão de crédito

Se caso não tiver como ter apenas um cartão de crédito, o ideal é que você tenha a menor quantidade possível. Mesmo que a anuidade seja isenta e as taxas sejam baixas, o excesso de cartões pode fazer você cair na tentação do consumismo.

Caso você receba apenas um salário mensalmente, o recomendado é ter apenas um cartão de crédito. Caso ganhe semanalmente, o recomendado é ter até 3 cartões.

No entanto, é importante que não se esqueça de fazer um bom planejamento financeiro, para não acabar se endividando nas prestações e dificultando o pagamento das faturas.

5- Fique atento nas regras sobre os juros do cartão de crédito

Para não pagar tarifas absurdas, é importante manter-se atento sobre as atualizações do mercado financeiro e sobre o seu cartão de crédito.

Um dos tópicos mais abordados no Brasil são sobre o aumento do uso do cartão de crédito e sobre os juros cobrados. Por isso, é importante limitar o seu cartão de crédito e evitar os juros altos.

6- Tenha autocontrole sobre seus gastos

Se quiser usar um cartão de crédito de maneira saudável, ter autocontrole é fundamental para usar um cartão de crédito sem se prejudicar financeiramente, então evite compras impulsivas e compre somente o que você já havia planejado.

A chave para controlar suas compras é manter o compromisso de comprar apenas o que você planejou. Se você ainda sentir a necessidade de comprar por impulso, pergunte-se se:

  • Você realmente precisa daquilo que pretende comprar?
  • Você tem o valor total para realizar a compra?
  • Caso gaste este dinheiro, vai conseguir pagar o valor da fatura depois?
  • Essa compra pode comprometer o seu planejamento financeiro ou orçamento?

Ao seguir esse compromisso, você evitará o acúmulo de saldo devedor, que é a origem dos altos juros do cartão de crédito.

7- Evite parcelar compras

Pode ser tentador parcelar suas compras, pois isso permite a compra de produtos caros pagando em prestações menores.

Parcelar compras pode parecer uma boa ideia, mas se você fizer isso com frequência pode acabar endividado. Por isso, é importante usar essa opção com moderação. O melhor é sempre pagar tudo à vista.

Ao realizar o pagamento à vista das suas compras, além de evitar entrar em dívidas, faz com que tenha um melhor controle financeiro e consiga seguir o seu planejamento de forma mais simples.

8- Se necessário, cancele o seu cartão de crédito

Se você estiver tendo dificuldade para controlar suas finanças, é importante solicitar o cancelamento do seu cartão de crédito imediatamente, mesmo que você tenha dívidas.

Lembre-se que você não é obrigado a ficar preso a um contrato que só está lhe prejudicando. Pense na sua saúde financeira, isso é prioridade para não acabar se endividando. Então, não tenha medo de cancelar seu cartão.

Ao cancelar o cartão de crédito, você se livra do acúmulo de juros e tem a chance de se organizar melhor para quitar as dívidas e poupar dinheiro.

Opções de saída dos altos juros

Apesar dos altos juros do cartão de crédito, é possível encontrar opções de saída. Por exemplo, a renegociação das dívidas com bancos e financeiras, tal como:

  1. Uso de cheque especial;
  2. Fazer empréstimo com taxas mais baixas;
  3. Realizar o pagamento à vista.

Essas são algumas soluções que podem ser consideradas. Além disso, é importante ter atenção ao gastar para não comprometer o orçamento familiar.

Recuperação da situação financeira

A recuperação da situação financeira é essencial para escapar dos altos juros do cartão de crédito.

Para isso, é importante estabelecer um orçamento, acompanhar as contas e organizar as despesas.

Além disso, busque formas de ganhar dinheiro extra e poupar, bem como renegociar dívidas com os credores para reduzir os juros.

O que não fazer quando lidar com altos juros

Primeiramente, é essencial evitar o uso dos cartões de crédito, a menos que seja absolutamente necessário.

Se os altos juros do cartão de crédito estão pressionando sua vida financeira, é recomendável controlar as despesas e evitar gastos desnecessários.

Em segundo lugar, jamais opte por pagamentos mínimos mensais ou por extensões de vencimento em seu cartão de crédito; essas ações podem causar ainda mais danos às finanças, pois os juros crescem cada vez mais.

Então, recomenda-se que a dívida no cartão de crédito seja paga na íntegra o mais rápido possível.

Conclusão

Ao considerar a saída dos altos juros do cartão de crédito, é importante lembrar que tomar medidas proativas é necessário.

Não pode-se esperar que o banco faça o trabalho para você. É importante planejar e monitorar os seus próprios gastos, pois são eles que irão determinar o tamanho da dívida e os juros.

O ideal é o pagamento em dia do cartão de crédito para evitar encargos e juros abusivos. É importante também pesquisar os melhores valores de taxas e garantir que está obtendo o melhor negócio possível – seja para novos cartões de crédito ou para transferências de saldos. Ao tomar essas precauções, você poderá reduzir ainda mais seus custos.

Publicidade

Deixe um comentário

error: