Publicidade

Como usar o FGTS para limpar meu nome?

Como usar o FGTS para limpar meu nome?
Publicidade

Com o saque extraordinário do FGTS, muitos trabalhadores sonham em limpar o nome e voltar a ter poder de compra. Mas, afinal, como usar o FGTS para limpar o nome? Continue a leitura para entender o que é o benefício, como consultar o seu, como sacar, além de entender se realmente vale a pena usar o valor para regularizar sua situação.

O que é o FGTS?

O FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) foi criado em 1996 e se trata de uma reserva de dinheiro para os trabalhadores com carteira assinada em regime CLT. Dessa forma, mensalmente é depositado pelo empregador o valor de 8% sobre o total bruto do salário. O FGTS foi criado com o objetivo de resguardar os direitos dos trabalhadores, elevando a segurança financeira nas seguintes situações:

Publicidade
  • Reserva financeira para demissões sem justa causa;
  • Compra do imóvel próprio;
  • Aposentadoria;
  • Entre outros casos nos quais é possível ter acesso ao benefício.

O depósito do fundo é obrigatório e ele não pode ser descontado do salário do trabalhador. Além dos trabalhadores em regime CLT, jovens aprendizes e empregadas domésticas também têm direito ao benefício.

Como consultar o FGTS?

Para cada novo emprego, uma nova conta do FGTS é criada para os novos depósitos. Isso significa que se um trabalhador está em seu quinto emprego com carteira assinada, existem mais quatro contas do FGTS com os antigos depósitos, além da atual. Portanto, ao consultar o seu saldo, você poderá ter acesso aos dois tipos de conta, ativas ou inativas. Veja as diferenças entre elas:

Publicidade
  • Contas ativas: conta vinculada ao atual emprego do trabalhador, caso seja um emprego com carteira assinada. Recebe mensalmente o depósito de 8% do salário, além de render juros.
  • Contas inativas: referente às contas vinculadas aos antigos trabalhos do contribuinte. Ou seja, a conta não recebe novos depósitos, mas ainda sim rende juros caso exista saldo para isso.

É direito de todo trabalhador consultar suas contas FGTS, sejam elas ativas ou inativas. No caso da conta ativa, a consulta serve para verificar se o empregador está fazendo o depósito corretamente. Já no caso das contas inativas, em alguns casos, há a possibilidade de sacar o valor.

Como consultar passo a passo

  1. Baixe o app FGTS;
  2. Informe seu CPF e sua senha, são as mesmas do app Caixa Tem. Caso seja o seu primeiro acesso, crie uma nova conta;
  3. Depois, basta selecionar o saldo que deseja consultar e pronto, a informação estará sempre disponível no app!

Como sacar o FGTS para limpar o nome?

O saque do FGTS é permitido em algumas situações, contudo, não é possível sacar o FGTS apenas porque possui uma dívida. O valor pode ser utilizado sim para quitar seus débitos, desde que o saque esteja dentro dos requisitos estabelecidos pelo governo para acessá-lo. O programa Saque Emergencial é uma das situações em que é possível sacar o FGTS. Neste caso, é possível sacar o valor de até R$1000, que pode ser usado para limpar o nome.

Publicidade

O calendário dos pagamentos varia de acordo com a data de nascimento, sendo que já foi liberado para todos os contemplados em 2022. Basta acessar o app do FGTS e solicitar o saque. O valor fica disponível para ser utilizado por meio do app Caixa Tem, podendo ser usado em compras em supermercados, lojas, pagamento de contas e boletos, além do pagamento por QR code na máquina de cartão.

Publicidade

O valor também pode ser transferido por meio do app Caixa Tem, por meio de Pix, nas lotéricas ou no autoatendimento das agências Caixa.

Vale a pena usar o FGTS para limpar o nome?

Muitos trabalhadores têm dúvidas sobre usar ou não o FGTS para limpar o nome, afinal, o dinheiro na conta rende juros. Contudo, vale lembrar que o rendimento da conta FGTS é inferior ao da poupança, sendo de pouco mais de 3% ao ano. Ou seja, financeiramente falando, não vale a pena deixar esse valor parado nas contas do FGTS.

Publicidade

Outro motivo positivo para usar o benefício para quitar as suas dívidas é a possibilidade de desconto. Afinal, quanto antes você regulariza a sua situação, menos juros pode pagar, além de conseguir um bom desconto se quitar à vista. Mesmo para os casos em que a dívida ultrapassa o valor do saque extraordinário, ainda é possível dar uma entrada e sair do vermelho.

Ou seja, utilizar o saque extraordinário do FGTS para quitar as dívidas é uma solução para regularizar a sua situação de um jeito que cabe no seu bolso.

Publicidade

Deixe um comentário

error: